Arqueólogos encontraram múmias de mais de 50 animais dentro de uma tumba em uma área deserta a cerca de 390 km do Rio Nilo, perto da cidade de Shag, no Egito. Entre os animais mumificados estavam gatos, ratos e falcões.

Estima-se que a tumba tenha sido construída em homenagem ao oficial nobre Tutu e sua esposa e venha do período do Reino Ptolemaico, há mais de 2 mil anos. As paredes do local têm pinturas que representam procissões funerárias e imagens do homem trabalhando, assim como registros da genealogia de sua família em hieróglifos.

Parede de tumba retrata história do oficial Tutu e sua família, durante o período do Reino Ptolemaico, no Egito.  (Foto: Divulgação: Ministério das Antiguidades do Egito )Nas paredes do túmulo estão representadas as procissões fúnebres; imagens do dono, Tutu; e sua genealogia familiar. Mohamed Abd El Ghany / Reuters

“A tumba mostra o dono da sala de enterro, Tutu, dando e recebendo presentes para diferentes deuses e deusas. Nós vemos também a esposa dele, Ta-Shirit-Iziz”, explicou Mostafa Waziri, secretária geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, à agência Reuteurs.

*Revista Galileu

Anúncios