25 militares da Venezuela pediram asilo na embaixada do Brasil em Caracas, confirmou o porta-voz da Presidência, Otávio Rego Barros nesta terça-feira, citado pela jornalista Míriam Leitão.

De acordo com o canal de TV GloboNews, os militares são de baixa patente. O governo não confirmou se concederá ou não o status de asilados aos homens.

Na terça-feira de manhã, o presidente autoproclamado Guaidó divulgou um vídeo em que, acompanhado por Leopoldo Lopez e um grupo de soldados, convoca o povo para se mobilizar contra o governo de Maduro e “restaurar a liberdade” no país.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, insiste que os principais comandantes militares estão ao seu lado e pediu “máxima mobilização popular para assegurar a vitória da paz”.

*Com agências internacionais

Anúncios