Altos funcionários da China, Coréia do Sul e Japão prometeram nesta quinta-feira tomar uma posição firme contra a política de protecionismo.

Especialistas em economia e chefes de bancos centrais dos países se reuniram em Nadi, Fiji, e concordaram em intensificar os esforços para atividades regionais de comércio e investimento, informou a agência de notícias coreana Yonhap.

“Continuaremos vigilantes contra os riscos negativos e reafirmaremos nosso compromisso de resistir a todas as formas de protecionismo, mantendo um sistema multilateral de comércio e investimento aberto e baseado em regras”, disse um comunicado conjunto divulgado após a reunião trilateral.

A declaração vem em um momento em que a China e os EUA estão envolvidos em uma “guerra comercial”.

“Concordamos em melhorar ainda mais a comunicação e a coordenação entre a China, o Japão e a Coréia para contribuir para um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo”, acrescentaram os formuladores de políticas econômicas dos três países.

A reunião foi realizada à margem da conferência da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

*Anadolu

Anúncios