O presidente Jair Bolsonaro justificou nesta quinta-feira (2) o corte de 30% nas verbas de universidades públicas.

Questionado sobre as possíveis consequências para o desenvolvimento tecnológico e social do país, Bolsonaro respondeu que o recurso vai ser investido na educação básica.

A declaração do presidente foi em uma entrevista à rede de televisão SBT.

No inicio da semana, o Ministério da Educação anunciou que todas as universidades federais do país sofrerão corte de 30% em seus orçamentos.

O anúncio foi feito depois das críticas ao corte da verba de três universidades que tinham sido palco de manifestações públicas.

Na ocasião, em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo”, o ministro Abraham Weintraub disse que as universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia teriam verbas reduzidas.

*Com informações da Agência Brasil

Anúncios