A Rede TV gravou, na sexta-feira (3), uma entrevista com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na prisão, mas  decidiu não veicular o conteúdo.

Em nota à imprensa, a equipe de Lula informou que a emissora não só entrou com uma reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal para garantir o direito de entrevistar o ex-presidente, como gravou a entrevista.

A entrevista concedida ao jornalista Kennedy Alencar, deverá ser veiculada no exterior,  com “exclusividade num projeto em desenvolvimento com a BBC World News”, informou o jornalista.

Lula está preso, em Curitiba, no prédio da Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná, desde abril de 2018.

Anúncios