“Enquanto nós estamos falando, na Venezuela há guerrilheiros colombianos, agentes de drogas e assentamentos de grupos terroristas como o Hezbollah e o Hamas”, disse Maria Corina Machado em uma entrevista na terça-feira (7) para a emissora Deutsche Welle da Alemanha.

Ela disse isso ao se referir à decisão do Tribunal Superior de Justiça de invalidar a imunidade parlamentar de seis deputados da Assembléia Nacional.

Corina ressaltou que o atual governo na Venezuela não é “uma ditadura convencional”, por isso não passará por canais eleitorais ou diálogos.

“Temos que construir uma ameaça real e iminente de que haverá ação internacional”, declarou Machado, diante da possibilidade de intervenção militar na Venezuela.

Ela também enfatizou a responsabilidade da comunidade internacional de agir em face de um “genocídio que não é mais silencioso”, onde o número de vítimas da situação aumenta a cada dia.

Video insertado

DW Español

@dw_espanol

“En Venezuela hay una ocupación”@MariaCorinaYA acusó al gobierno bolivariano de alojar a guerilleros colombianos, narcotraficantes y “asentamientos de y ” en territorio venezolano. También solicitó una “acción combinada de fuerzas civiles y militares”. 🇻🇪 (poc)

*Com informações da Caraota Libre
Anúncios