Sete turistas russos podem estar mortos após uma avalanche em uma cordilheira na região de Altai, na Sibéria, durante um escalada de férias.

O Ministério de Situações de Emergência local informou que as equipes de resgate ainda estavam à procura dos alpinistas desaparecidos.

A avalanche ocorreu há dois dias, mas só foi noticiada nesta quarta-feira quando dois integrantes do mesmo grupo chegaram a um acampamento em Kosh-Agach e conseguiram pedir ajuda através de rádio, segundo a agência Tass.

Dois helicópteros de resgate foram enviados para encontrar os turistas que ainda estão desaparecidos, informou o ministério. O grupo de nove pessoas visitava Altai a partir da cidade russa de Novosibirsk.

*Reuters

Anúncios