Desde quarta-feira (8), segundo parentes de presos políticos, o regime enviou os presos para celas, em Fuerte Tiunae,  recém-construídas.

Já no passado, vários jornalistas asseguraram que um bunker havia sido construído, mas ligaram-no a um rumor de prisão do presidente Juan Guaidó.

Nesta quinta-feira, após a prisão do vice-presidente da Assembleia Nacional, Edgar Zambrano,  o ex-ministro do Interior, Miguel Rodriguez Torres, foi transferido para o novo calabouço Sebin chavista.

O mesmo aconteceu com alguns presos políticos em Ramo Verde, em Los Teques, El Helicoide e a DGCIM em Boleíta.

Os parentes dos presos políticos e seus advogados exigem informações sobre o paradeiro dos transferidos para saber onde poderão vê-los.

O Fuerte Tiuna é o centro mais importante do poder militar em Caracas e onde funciona o Ministério da Defesa. Em seu entorno é a residência de Nicolás Maduro, porque o oficial conhecido como La Casona, está preocupado por uma das filhas de Hugo Chávez e seu atual parceiro.

*Com informações da NTN24

Anúncios