A China criticou nesta sexta-feira a decisão da agência reguladora americana de telecomunicações de bloquear a entrada da operadora China Mobile no mercado dos Estados Unidos por razões de segurança.

“Pedimos aos Estados Unidos que respeitem os princípios da economia de mercado e acabem com a prática equivocada que consiste em utilizar sempre a segurança nacional como pretexto”, afirmou Geng Shuang, porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

No momento em que acontecia uma importante sessão de negociações em Washington para acabar sua disputa comercial com Pequim, os Estados Unidos anunciaram na quinta-feira que negariam o acesso ao seu mercado à operadora China Mobile.

China Mobile, maior operadora do mundo em número de assinantes, apresentou em 2011 um pedido nos Estados Unidos para fornecer seus serviços de telecomunicações.

As preocupações das autoridades americanas concentram-se no fato de que a China Mobile é controlada pelo governo chinês.

*AFP

Anúncios