O Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro, alertou a comunidade internacional sobre o risco que a Venezuela enfrenta antes das missões médicas cubanas após os acordos estabelecidos pelo falecido presidente Hugo Chávez.  

“Sob uma suposta solidariedade revolucionária, Cuba envia médicos a países amigos. Na realidade, as missões são uma ferramenta essencial da diplomacia cubana para aproximar nossos países criando a ilusão de normalidade e assim evitar qualquer discussão sobre direitos humanos e democráticos”

Almagro disse que as missões serviram de pretexto “para uma verdadeira intervenção como é no caso venezuelano”.

“A única intervenção ocorrida começou há anos, perpetrada pelas forças armadas e pelo aparato de segurança, inteligência e contrainteligência do regime cubano, sob o nome de missões médicas, esportivas, culturais e educacionais”.

Além disso, afirmou que Cuba controla o aparato repressivo do regime de Nicolás Maduro, além das comunicações e outros serviços de interesse. 

O diplomata disse que essas missões têm sido a máscara da maior fonte de renda em moeda estrangeira para o regime cubano, “à custa da exploração do trabalho de pessoal médico trabalhando em condições de escravidão”.

“Esses lucros ilícitos vêm do tráfico de pessoas que são obrigadas a viajar para o exterior sem conhecer seu destino, controladas por agentes de inteligência, onde a maior parte de sua renda é confiscada pelo governo cubano. É um sistema moderno de escravidão que não pode ficar impune

De acordo com um estudo da Universidade da Pensilvânia, afirma que 37 mil médicos cubanos trabalharam em 77 países, a maioria deles na América Central, Brasil e Venezuela. 

No relatório, uma fonte oficial cubana admite que as missões médicas gerariam oito bilhões de dólares por ano para o regime cubano.

Almagro ressaltou que a agência fez um esforço para identificar e denunciar a situação dos presos políticos, a criminalização da liberdade de expressão e os crimes contra a humanidade cometidos em Cuba. 

*NTN24

Anúncios