Vice-diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia, Anatoly Punchuk, falou em entrevista à Sputnik sobre contratos na área técnico-militar com países da América Latina, e o Brasil está na lista de negociações.

Punchuk ressaltou que o Exército Brasileiro já possui em serviço sistemas portáteis de lançamento de mísseis terra-ar 9K98 Igla. “Militares brasileiros estão satisfeitos com essa arma. Caso necessitem de mais, estamos prontos a analisar a questão em um prazo de tempo mais curto.”

Além do mais, o Brasil está interessado na aquisição de sistema de artilharia antiaérea móvel armado com sofisticados mísseis terra-ar, o Pantsir-S1, que demonstrou efetividade em operações na Síria e que “nossos concorrentes norte-americanos o chamaram de ‘arma ideal'”, destaca o vice-diretor russo.

Punchuk também acrescentou que, levando em consideração a quantidade de equipamento que é exportado, a Rússia propõe assistência para manutenção depois da venda. No Brasil, por exemplo, há pouco tempo foi inaugurado centro de manutenção de helicópteros russos do tipo Mi, e centros parecidos estão para ser abertos na Venezuela e Peru.

*Com informações da Sputnik

Anúncios