Bolsonaro almoça de surpresa com caminhoneiros em posto

Nesta sexta-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro apareceu de surpresa em um posto de combustível em Anápolis, Goiás, e almoçou com caminhoneiros em uma churrascaria no local.

Antes, Bolsonaro participou da Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil, na cidade de Goiânia, em Goiás.

O almoço aconteceu na “Presidente Posto e Churrascaria – um amigo na estrada” e não estava previsto na agenda do presidente.

Ele estava acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO) e do porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros.

Ao responder um questionamento feito por um dos caminhoneiros, Jair Bolsonaro aproveitou para fazer um desabafo sobre as dificuldades que enfrenta para tentar melhorar o Brasil.

– Meu cabra, eu estou comendo o pão que o diabo amassou, tá? Não loteamos ministérios, bancos oficiais, estatais. Só muda se alguém cassar meu mandato – explicou.

Questionado por um caminhoneiro sobre a existência de algum projeto que permita reduzir o preço do diesel para a categoria, Bolsonaro respondeu: “O que mais pesa no combustível é o ICMS, que é do Estado. Não é a gente. Por isso que eu trabalho para privatizar o refino. Quanto mais tiver concorrência, melhor.

Bolsonaro também respondeu outras dúvidas do grupo de caminhoneiros presente.

*Com informações da Pleno News

Categorias:Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.