A gigante chinesa das telecomunicações Huawei é “muito próxima” do governo chinês e por isto não é possível confiar na empresa, afirmou neste sábado o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Patrick Shanahan.

“Quando vejo esta situação, ela é muito arriscada. Não posso acreditar que estas redes (de troca de dados) estejam protegidas”, declarou Shanahan durante uma conferência de segurança regional em Singapura.

Em meados de maio, Washington incluiu a Huawei em uma lista de empresas com as quais as instituições americanas não podem fazer negócios.

De acordo com o governo de Donald Trump, o serviço de inteligência chinês poderia utilizar os equipamentos de telecomunicações da Huawei para espionar as comunicações de outros países.

O fundador da Huawei, Ren Zhengfei, foi militar do exército chinês.

*AFP

Anúncios