polícia espanhola desmantelou uma rede ibérica de tráfico de pessoas e droga que operava em Marbella, no sul de Espanha.

A rede seria liderada por uma família portuguesa. São os donos da casa na estância balnear, onde foram encontradas 8 mulheres sequestradas. Estavam numa cave onde eram obrigadas a trabalhar como prostitutas.

No testemunho que deram à polícia antes de serem libertadas, as mulheres contaram que foram aliciadas para trabalhar num Instituto de Massagens.

21 pessoas foram detidas. Foram apreendidas armas, dinheiro e pequenas quantidades de droga.

Os detidos não foram identificados publicamente. *Euronews

Anúncios