Com campanha impecável até aqui, a Seleção Brasileira Sub-23 venceu mais uma partida nesta quarta-feira pelo Torneio de Toulon,em Aubagne, na França.

Nas semifinais da competição, o Brasil dominou o jogo e venceu a Irlanda por 2 a 0. Na decisão, os garotos do Brasil vão enfrentar o Japão, que venceu o México mais cedo nesta quarta.

Logo no início da partida, o Brasil teve uma grande chance de abrir o placar. Aos dois minutos, o atacante Matheus Cunha, do RB Leipzig, foi derrubado na área e o juiz marcou a penalidade. No entanto, Douglas Luiz, meia ex-Vasco, bateu para fora. A equipe brasileira seguiu em cima dos adversários e foi recompensado aos 14 minutos.

Paulinho, também formado nas categorias de base do Vasco, fez boa tabela com Matheus Cunha e chutou no canto do goleiro adversário, abrindo o placar. O time de André Jardine foi amplamente superior a Irlanda e ainda teve várias chances de ampliar no primeiro tempo, mas pecou nas finalizações.

Na volta do intervalo, o Brasil fez o segundo gol logo aos dois minutos de jogo. Matheus Cunha aproveitou a boa jogada de Paulinho e chutou no canto do goleiro, que nada pôde fazer. No decorrer da partida, a Seleção Brasileira só administrou o resultado, que garantiu vaga na final da competição, registra o LANCE!

Na outra partida, os japoneses contra o México mostraram um grande poder de reação.

Jogando no Stade de Lattre de Tassigny, ficaram atrás duas vezes, mas foram buscar o empate. Os gols foram marcados no segundo tempo, por Jose Godinez, aos cinco minutos e Yuki Soma, aos 17 minutos empatou. Os latinos voltaram a sair na frente, com um gol de Eduardo Aguirre aos 41. Porém, Koki Ogawa, pouco depois, levou a decisão para os pênaltis.

Os jogadores do Japão acertaram as cinco cobranças. Enquanto que pelo lado dos mexicanos,  Alan Mozo desperdiçou. A seleção asiática garantiu vaga na final contra o Brasil.

 

Anúncios