Muitas espécies diferentes participaram do reinado dos trilobitas, artrópodes que viveram na Era Paleozoica (período que vai de 542 milhões há 251 milhões) e são conhecidos apenas pelo registro fóssil. Um exemplo recém-identificado recebeu o nome Redlichia rex  e pode ter sido o “rei” de sua época, segundo um estudo publicado no Journal of Systematic Palaeontology.

Os pesquisadores acreditam que este animal era influente sobre os outros da mesma espécia por causa de seu tamanho e de suas armas naturais.

Apesar de ter apenas entre 30 e 35 centímetros de comprimento, esse tamanho era suficiente para torná-lo uma criatura gigante à época. O R. rex foi encontrado em Emu Bay, na ilha de Kangaroo, no sul da Austrália, e tem aproximadamente duas vezes o tamanho de qualquer outro trilobita australiano da época.

Além do tamanho, o animal era intimidador por outros motivos. De acordo com o estudante de doutorado da Universidade de Adelaide, James Holmes, ele possuía espinhos nas pernas que parecem ter evoluído para esmagar as conchas de sua presa. “Os trilobitas geralmente têm algum tipo de apêndice com espinhos, mas os menores não têm essa forma”, disse Holmes ao site IFLScience.

A hipótese de que ele esmagava os animais menores ganhou força quando eles encontraram ferimentos em outros fósseis. “Curiosamente, os exemplares trilobita da região — incluindo Redlichia rex — exibem ferimentos causados por predadores que esmagavam suas conchas”, afirma Diego Garcia-Bellido, um dos pesquisadores que participaram do estudo.

*Revista Galileu

Anúncios