O presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador e seu par salvadorenho Nayib Bukele lançaram nesta quinta-feira (20) um programa de desenvolvimento econômico para a América Central com um investimento inicial de 30 milhões de dólares.

Os mandatários se encontraram na cidade mexicana de Tapachula, na fronteira com a Guatemala, ponto de passagem para centenas de milhares de centro-americanos que tentam chegar aos Estados Unidos escapando da pobreza e da violência.

“Iniciamos com mais de 30 milhões de dólares de transferência direta dentro de um programa que contempla mais de 100 milhões de dólares”, disse o chanceler mexicano Marcelo Ebrard ao apresentar o programa elaborado pela Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) a pedido do México, Honduras, Guatemala e El Salvador.

Em sua etapa inicial, o programa, que faz 30 recomendações que buscam melhorar a qualidade de vida da região, contempla a plantação de mais de 200.000 hectares no sul do México, sem especificar de que cultivos se trata.

Será adotado um programa similar de mais de 50.000 hectares em El Salvador, acrescentou Ebrard.

López Obrador afirmou que a melhor ferramenta para combater a migração para os Estados Unidos é o desenvolvimento econômico. *AFP

Anúncios