O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou o líder supremo iraniano aiatolá Ali Khamenei e outras autoridades iranianas nesta segunda-feira, em busca de um novo golpe na economia iraniana depois da derrubada de um avião não-tripulado norte-americano por Teerã.
Com tensões entre os dois países, Trump assinou uma ordem executiva impondo as sanções, que o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que traria bilhões de dólares a mais em ativos iranianos.

Trump disse aos repórteres que as sanções foram em parte uma resposta à derrubada de um avião dos EUA pelo Irã na semana passada, mas teria acontecido de qualquer maneira. Ele disse que Khamenei foi o responsável pelo que Trump chamou de “a conduta hostil do regime” no Oriente Médio.

“Sanções impostas por meio da ordem executiva … vão negar ao Líder Supremo e ao escritório do Líder Supremo, e àqueles que estão intimamente ligados a ele e ao escritório, o acesso aos principais recursos financeiros e apoio”, disse Trump.

As sanções visam negar o acesso da liderança do Irã a recursos financeiros, impedindo-os de usar o sistema financeiro dos Estados Unidos ou de ter acesso a quaisquer ativos nos Estados Unidos. *Reuters

Anúncios