Na ofensiva para tirar o presidente Nicolás Maduro do poder, o Parlamento, de maioria opositora, aprovará em uma segunda discussão o reingresso da Venezuela no Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (Tiar), anunciou neste domingo o líder do parlamento, Juan Guaidó.

“Vamos avançar em todos os terrenos de luta. Temos o legítimo direito de construir as capacidades e alianças internacionais necessárias para proteger e defender o povo e nossa soberania.

Cumpridos os passos requeridos, a Assembleia Nacional aprovará o Tiar”, escreveu Guaidó no Twitter.

A Venezuela deixou o Tiar há seis anos. *AFP

Anúncios