A seleção mexicana, dirigida pelo técnico argentino Gerardo Tata Martino, conquistou neste domingo a Copa Ouro ao derrotar os Estados Unidos por 1 a 0 na final, disputada no Soldier Field, em Chicago.

O gol do título foi marcado por Jonathan Dos Santos aos 28 minutos do segundo tempo.

Os anfitriões criaram as melhores chances de gol no primeiro tempo mas diminuíram o ritmo na segunda etapa e Dos Santos, após um belo passe de calcanhar de Raúl Jiménez, aproveitou e mandou para o fundo das redes.

Tata Martino se redime depois de três finais continentais perdidas, nas Copas América de 2011 com o Paraguai e nas de 2015 e 2016 dirigindo a Argentina.

Os americanos haviam conquistado a última edição, em 2017.

Com esse título, o México abre a vantagem em relação a seus vizinhos em número de títulos: essa foi sua oitava Copa Ouro, contra seis dos Estados Unidos. O Canadá conquistou o título apenas uma vez, no ano 2000.

A Copa Ouro da CONCACAF é o principal torneio de futebol entre seleções das nações da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF).

Anteriormente (de 1996 até 2005), até três países de outras confederações continentais eram convidadas a jogar no torneio final.

A Copa Ouro é sempre sediada pelos Estados Unidos, mas em duas oportunidades (1993 e 2003) foi co-sediada pelo México e uma vez (2015) co-sediada pelo Canadá.

Anúncios