Avante Mundo

Notícias Internacionais de conteúdo independente

Brasil, Economia

Para Wall Street, o Brasil está de volta!

A nova lei para a reforma Previdenciária passou por uma comissão e em primeiro turno na Câmara dos Deputados. Ainda não está concluída, mas, cada vez mais, aproxima-se disso.

A Câmara dos Deputados concordou com a versão da comissão da reforma Previdenciária, que irá para o Senado, provavelmente com mudanças mínimas.

Os grandes investidores ainda gostam do Brasil, apesar do complicado cenário político e do crescimento ainda baixo.

Comparado ao resto do mundo emergente, o Brasil de Bolsonaro é um destaque. “Nós nos tornamos negativos com relação à maioria das ações de emergentes porque os mercados estão precificando muito o estímulo chinês”, diz Tony DeSpirito, diretor de investimentos da BlackRock. “Vemos oportunidades selecionadas nos mercados da América Latina”, aponta, ao citar o Brasil e o México.

Quando a reforma da Previdência estiver concluída, os investidores devem esperar um momento de vendas com base na crença de que os preços das ações caminharão de acordo com o esperado. Wall Street passará, então, para outros itens de grande valor na lista de afazeres de Bolsonaro, como a reforma tributária e, talvez, cortes nas taxas de juros, caso a economia continue lenta.

Nesta semana, a BlackRock, maior empresa de gestão de ativos do mundo, recomendou que os investidores apostem no Brasil, ao afirmar que o país é melhor do que qualquer outro na Ásia, devido aos efeitos da guerra comercial entre China e EUA. *Forbes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: