O Reino Unido compromete-se a libertar o petroleiro iraniano retido em Gibraltar. Mas para devolver o Grace I, o Irã terá de dar garantias de que a embarcação não seguirá para a Síria.

O compromisso foi assumido pelo ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, após falar com o homólogo iraniano.

Jeremy Hunt garantiu é possível resolver a situação, seguindo o devido processo nos tribunais de Gibraltar. Depois de ter telefonado a Mohammad Javad Zarif, Hunt achou encorajador ouvir que o Irã não pretende agravar a situação, afirmando que as duas partes estão dispostas a resolver o problema.

Nos últimos dias, a tensão diplomática subiu de tom, depois de o Reino Unido ter revelado que navios iranianos tentaram impedir a passagem de um petroleiro britânico no estreito de Ormuz.

Há cerca de um mês também Washington reagia contra o Irã depois de duas embarcações, uma japonesa e outra norueguesa terem sido atingidas por explosões no mesmo local. Uma via marítima por onde se estima passarem entre 30 e 40% do petróleo mundial. *Euronews

 

Anúncios