Portugal ambiciona a afirmação desportiva, cultural, diplomática e empresarial no Japão durante a participação nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, onde o comité olímpico prevê ganhar pelo menos duas medalhas. 

A ambição nacional ficou expressa nesta quarta-feira (24), numa cerimônia especial em Lisboa, a marcar um ano para o início dos Jogos.

O evento foi aproveitado para a assinatura do protocolo com a Marinha Portuguesa para, tal como aconteceu no Rio de Janeiro em 2016, o navio-escola Sagres ser utilizado como a casa olímpica de Portugal no “país do sol nascente.”

Image

O Sagres irá realizar no próximo ano a quarta viagem de circum-navegação, o que não será alheio à celebração dos 500 anos da volta ao mundo à vela liderada pelo português Fernão de Magalhães, numa aventura inédita então financiada pela coroa espanhola e ainda hoje alvo de uma disputa histórica na Península Ibérica, informa Euronews.

A contagem regressiva oficial para os jogos também já começou em Tóquio, numa celebração especial.

Anúncios