O túmulo de Khunes, um importante oficial egípcio que viveu provavelmente na época do Faraó Teti, no ano de 2.300 a.C, foi reconstruído através de uma impressora 3D e colocado online.

O modelo imersivo e interativo da tumba foi criado por Emanuele Taccola, responsável pelo laboratório de desenho e restauração da Universidade de Pisa, graças aos dados coletados durante a última escavação realizada em Zawyet Sultan, um local no Médio Egito, na margem oriental do Nilo, a sul da cidade de Minya.

“Nesta área, que deve ter desempenhado um papel fundamental na unificação do Egito no alvorecer da sua civilização, os arqueólogos estão envolvidos em uma análise espacial das estruturas e da paisagem para explorar as interconexões entre os restos mortais, que vão de 3200 a.C. a 1300 a.C”, explica uma nota da Universidade de Pisa.

O laboratório de Pisa ainda explicou que “realizou um trabalho fundamental de mapeamento do sítio graças ao uso de um receptor diferencial Gnssv para a tumba de Khunes“. Além disso, a pesquisa foi realizada com um “método fotogramétrico”, o que garantiu informações métricas precisas para a pesquisa arqueológica criar um modelo 3D no qual é possível se mover virtualmente usando um visualizador. *Com portal Terra
Anúncios