O Borussia Dortmund venceu o Bayern de Munique por 2 a 0 neste sábado e conquistou a Supercopa em partida disputada em Dortmund.

O destaque do jogo foi o jovem prodígio inglês Jadon Sancho, com uma assistência ao espanhol Paco Alcácer no primeiro gol (48) e o mesmo Sancho ampliou minutos depois (69).

A final da Supercopa tinha de um lado o Bayern, que havia conquistado a dobradinha Bundesliga-Copa da Alemanha na última temporada, e o Dortmund, vice na Bundesliga.

Embora a Supercopa não seja um dos títulos mais importantes, o duelo deste sábado pode servir para saber em que momento se encontram os dois gigantes do futebol alemão.

E o vencedor foi o Dortmund, que nesta pré-temporada se reforçou muito com o objetivo de acabar com a hegemonia do Bayern, campeão das últimas sete edições da Bundesliga.

Por enquanto evitou que o adversário ganhasse sua quarta Supercopa consecutiva e interrompeu uma sequência ruim diante de seu grande rival, que havia vencido nas últimas quatro ocasiões em que havia disputado este título que dá início a cada temporada (2013, 2014, 2016 e 2017).

Diante de sua incansável torcida, o Dortmund entrou em campo mostrando disposição e no primeiro minuto já poderia ter aberto o placar mas o goleiro Manuel Neuer fez uma bela defesa após um disparo de Marco Reus.

Aos 14 minutos, Sancho deu início a seu show, com um passe em profundidade para Alcácer. O atacante espanhol, a cerca de 35 metros de distância, chutou quando viu a saída de Neuer, mas a bola passou rente à trave.

– Gols só no segundo tempo –

E aos 20 foi o português Raphaël Guerreiro quem tentou, mas seu chute foi de novo defendido por Neuer.

A medida em que o primeiro tempo avançava, o Bayern foi equilibrando a partida, mas sem muita profundidade, a não ser em uma dupla finalização do francês Kingsley Coman, afastada primeiro por Toprak e depois desviado pelo goleiro suíço Marwin Hitz (23).

O Borussia, mais ambicioso, foi premiado no início do segundo tempo: depois de Thiago Alcântara perder a bola Sancho avançou pela direita e tocou para Alcácer, que a entrada da área chutou rasteiro no canto esquerdo de Neuer, que não conseguiu defender (48).

O Bayern buscou o empate e foi a vez de Hitz brilhar, ao defender os chutes de Thomas Müller (55) e Coman (58).

Mas no momento em que o time da Baviera buscava o empate, veio o gol que decretou a vitória do Borussia Dortmund. Boateng perdeu outra bola na zona defensiva e Sancho, pelo lado direito, superou Neuer com um chute rasteiro e cruzado que passou por entre as pernas do goleiro (69). *AFP

Anúncios