O regime de Maduro suspendeu o diálogo com os representantes de Guaidó em Barbados por “medo de mudança” quando “havia uma proposta na mesa”, disse o segundo vice-presidente da Assembléia Nacional (AN), Stalin González .

Falando aos jornalistas, o deputado que liderou a representação do presidente encarregado das reuniões em Barbados disse que eles suspenderam as negociações porque “têm medo de mudanças” porque “já havíamos entrado em águas profundas, havia uma proposta na mesa, então eles param “.

Representantes do regime de Nicolás Maduro levantaram-se da mesa de negociações após o anúncio das novas sanções pelos Estados Unidos.

O parlamentar disse que “não há nenhum tipo de nova data” para retomar as reuniões, embora esteja “em contato permanente com os facilitadores”. *Venepress

Anúncios