A imprensa francesa fala de um ataque ao coração da polícia francesa.

Estão ainda por explicar as motivações que levaram um funcionário do departamento de informática do comando geral a entrar no edifício e a matar quatro policiais.

Esta manhã, centenas de pessoas juntaram-se em Paris para um minuto de silêncio pelas vítimas.

Uma cerimônia com o Ministro francês do Interior e alguns familiares dos polícias mortos.

Nas ruas, a consternação instala-se e a preocupação pela normalização da violência aumenta.

A polícia mantém todas as linhas de investigação em aberto. O ataque ocorreu pouco depois de uma marcha de polícias na capital francesa exigindo melhores condições de trabalho. *Euronews