Um avião de carga que transportava integrantes da equipe presidencial do Congo caiu na quinta-feira (10), matando todas as oito pessoas a bordo, disse um conselheiro do governo à Reuters nesta sexta-feira.

Transportando o motorista do presidente Felix Tshisekedi, um gerente de logística e alguns soldados, a aeronave se dirigia à Kinshasa, capital do país, e saiu do radar na tarde de quinta-feira, um hora depois de decolar, indicou um comunicado divulgado pelo órgão responsável pela aviação civil.

A queda ocorreu em uma floresta de Maniema.

“Não há sobreviventes. Os corpos foram todos transformados em cinzas”, disse o conselheiro Vidiye Tshimanga.

A causa do acidente ainda não foi deliberada.

Reportagens da mídia local mostraram centenas de apoiadores de Tshisekedi tomando as ruas da capital do Congo após a divulgação do acidente na manhã desta sexta-feira, temendo que a queda do avião pudesse ser alguma tentativa frustrada de atingir o presidente.

Tshisekedi assumiu seu mandato neste ano, substituindo o ex-presidente de longa data Joseph Kabila.

Não há informações confirmadas sobre a possibilidade de ataque direto contra Tshisekedi. *Reuters

Anúncios