Em entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira (23), o presidente reeleito da Bolívia, Evo Morales, denunciou que a direita tenta dar um golpe de estado no país ao denunciar fraudes, não reconhecendo o resultado das eleições deste domingo (20).

“Denuncio ante o povo boliviano: está em processo um golpe de Estado. Ele foi preparado pela direita, com apoio internacional. Até agora temos aguentado e suportado com paciência para evitar violência.”

O presidente boliviano ressaltou que “não estamos em tempos de colônia” e prometeu defender a democracia.

“Vamos defender a democracia, o povo organizado recuperou a democracia. Quero dizer à direita boliviana, não sejam responsáveis pelo enfrentamento boliviano, não semeiem o ódio. Somos todos uma grande família”, acrescentou, segundo registra a Revista Forum.

Anúncios