A Empresa M / V GPO Graça com bandeira das Ilhas Marshall, vai levar dois navios venezuelanos, Paramacay e Yavire , ostensivamente para reparar, em uma manobra que zombam o bloqueio econômico que o Estados Unidos impôs sobre o país . 

O que eles fazem é que não é a Venezuela que parece contratar uma empresa norueguesa, mas sim a Turquia, que por sua vez contrata essa empresa norueguesa para executar o trabalho em navios venezuelanos.

Um funcionário de uma companhia de petróleo no Centro de Refino de Paraguaná (CRP) teme que, com esses dois navios, o que aconteceu com outros que a Venezuela perdeu. Aconteceu recentemente com o Parnassus que o Tribunal Marítimo de Lisboa, Portugal, colocou à venda por falta de pagamento do governo venezuelano.

Ele explica que “os noruegueses são os líderes em tecnologia de trabalho interoceânico, ou seja, quando trabalham no exterior; eles têm aqueles barcos especializados para reparar plataformas, navios-tanque, etc. E a Turquia não se importa com as sanções dos EUA e, portanto, concorda com a solicitação do governo venezuelano de intermediar a contratação dos noruegueses.” *Com informações do site Infobae.

Anúncios