Um incêndio de grandes proporções destruiu todas as principais estruturas do Castelo de Shuri, um Patrimônio Mundial da Unesco, situado em Okinawa, no sul do Japão.

Pouco depois das 2h40 de quinta-feira, o Corpo de Bombeiros de Naha, capital da província, recebeu uma chamada de emergência sobre um incêndio. Segundo os bombeiros, o fogo foi debelado 11 horas após seu início.

Segundo as autoridades, 30 carros de bombeiros foram enviados ao local para combater o fogo, mas sete prédios no complexo do castelo foram consumidos pelas chamas, incluindo o salão principal e os salões norte e sul. Elas disseram que quatro mil metros quadrados do local foram danificados.

Siga Avante Mundo no  Facebook e Twitter

O Corpo de Bombeiros informou que um bombeiro foi levado ao hospital depois de sofrer desidratação.

Com base em relatos de testemunhas, incluindo o de um funcionário de uma empresa de segurança que se dirigiu até o local, a polícia e os bombeiros suspeitam que o fogo teve início no salão principal do castelo.

Um festival sobre a cultura do Reino de Ryukyu estava sendo realizado no castelo. A polícia afirmou que membros da organização faziam preparativos para um dos eventos até a madrugada de quinta-feira.

O Castelo de Shuri foi erguido originalmente há mais de 500 anos. Ele foi designado como tesouro nacional em 1925, tendo sido destruído na Batalha de Okinawa, durante a Segunda Guerra Mundial.

Resultado de imagem para Castelo de Shuri, na ilha de Okinawa, foto

O salão principal foi restaurado em 1992, e outros prédios do castelo também foram reconstruídos. Em 2000, as ruínas do castelo original, juntamente com os destroços de outros castelos do Reino de Ryukyu, foram listados como Patrimônio Mundial da Unesco. *NHK (emissora pública do Japão)

Anúncios