O ex-senador e ex-prefeito de Nova Iguaçu (RJ) Lindbergh Farias (PT) foi condenado mais uma vez por improbidade administrativa na última segunda-feira (4).

O ex-senador pelo PT, Lindbergh Farias, teve os direitos políticos cassados por cinco anos após ser condenado por improbidade administrativa.

A condenação é da 2ª Vara Cível de Nova Iguaçu-RJ, cidade em que Lindbergh já foi prefeito. A decisão ainda pode receber recurso e sentença só será praticada após o trânsito em julgado, conforme publicou o jornal Folha de São Paulo.

A ação foi movida pelo Ministério Público que acusa o ex-senador de distribuir caixas de remédio a moradores de Nova Iguaçu, em 2008, identificadas com o símbolo de sua gestão. Na época, Lindbergh era candidato à reeleição como senador.

Além da cassação dos direitos políticos, o petista foi condenado a pagar um valor de 48 vezes o atual salário de prefeito do município, totalizando R$ 645.120,00.

Essa não é a primeira condenação do ex-senador, que em 2016 foi condenado também por improbidade administrativa em duas ações. *Sputnik

Anúncios