O suíço Roger Federer se classificou para as semifinais do Masters depois de derrotar na quinta-feira (14) o sérvio Novak Djokovic , cuja eliminação da Masters Cup significa que o espanhol Rafael Nadal garante terminar o ano como número 1 do ranking da ATP.

Baseando-se em um serviço muito eficaz, concedendo uma única bola de ‘quebra’ durante todo o jogo, Federer venceu por 6-4 e 6-3para se classificar para a 16ª semifinal de um Masters, campeonato que já venceu em seis ocasiões.

Apesar de seus 38 anos, Federer deu uma nova aula de tênis na O2 Arena, em Londres, na frente de um sérvio que estava impotente contra o jogo do suíço.

“Joguei de uma maneira incrível e sabia que tinha que fazer dessa maneira porque sei o que Djokovic é capaz de fazer”, admitiu, que tinha o apoio majoritário do público. “Ótima atmosfera, um ótimo rival. Foi muito especial. Eu gostei desde o começo. Foi mágico. Você fez isso muito especial e eu não posso agradecer o suficiente ”, acrescentou o suíço aos espectadores da Arena O2. *Infobae