O presidente da Federação dos Centros Universitários da UCV, David Sosa, anunciou neste sábado (16) que os estudantes se mobilizarão na próxima quinta-feira (21) numa marcha para Fuerte Tiuna, para “provar” se os militares respeitam o direito de protestar e enviar a eles uma mensagem de liberdade”.

Durante a manifestação da oposição neste sábado (16), Sosa disse aos presentes que “provando se realmente existem algumas forças armadas e democráticas que realmente respeitam a Constituição, como disse o ministro Vladimir Padrino López (…), iremos pacificamente, mas com força, a Fuerte Tiuna para dizer aos militares venezuelanos que fiquem do nosso lado.

A agenda dos estudantes foi apoiada por Guaidó, que minutos depois pediu para acompanhar todas as mobilizações anunciadas pelo país contra o regime de Maduro. *NTN24