A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) pediu que os moradores do Amapá apoiem o pedido de impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli. 

Segundo Paschoal, “o Senador Alcolumbre só precisa receber a denúncia, para o Senado poder atuar”. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, foi eleito como senador pelo estado do Amapá e, por isso, a parlamentar considera os moradores do estado fundamentais para “mostrar a Davi Alcolumbre o seu papel neste momento”.

Na sexta-feira, a deputada afirmou, no Twitter, que Toffoli “vem num crescente de ações questionáveis”.

Na semana passada, Toffoli, exigiu dados sigilosos do Banco Central e da Receita Federal que envolvem 600 mil pessoas e decisão gerou reações na ala do Senado que defende a investigação de ministros do Supremo.

Dias Toffoli está no STF desde 2009, quando foi nomeado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O magistrado assumiu a presidência da mais alta Corte do Brasil em setembro de 2018, substituindo a ministra Cármen Lúcia, que estava no posto desde 2016. Toffoli também é o atual presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

No última dia 7, Toffoli foi decisivo no julgamento no STF sobre prisão de réus condenados em segunda instância. Seu voto permitiu a presos condenados a aguardarem em liberdade até serem esgotadas as possibilidades de reaver o processo na Justiça, o chamado trânsito em julgado. O entendimento geral do Supremo provocou reações na Câmara e no Senado de parlamentares que são favoráveis à medida. *R7 e Correio do Povo