Mais poder para a Organização Mundial de Comércio (OMC): Foi este o compromisso alcançado neste sábado  (23) pelos ministros dos Negócios Estrangeiros do G20, o grupo que reúne os 20 países mais industrializados.

O Japão, que passa agora a presidência rotativa à Arábia Saudita, acolheu a reunião do grupo, que ficou marcada pela guerra comercial entre os Estados Unidos da América e a China.

Na intervenção que encerra o encontro, o ministro japonês dos Negócios Estrangeiros reiterou a importância de reforçar a OMC. Toshimitsu Motegi afirmou que “é o reconhecimento comum entre os países do G20 de que é preciso reformar a OMC, que é uma base do sistema de comércio multilateral, para ser possível lidar com as questões do comércio global atual”.

Além dos conflitos comerciais internacionais, os membros do G20 discutiram ainda outros temas na cidade de Nagoya.

Em destaque estiveram também o desenvolvimento econômico e social dos países africanos, as taxas sobre as grandes empresas tecnológicas e o desarmamento e a não-proliferação de armas nucleares. *Euronews