Presidente autoproclamado da Venezuela, Juan Guaidó reagiu a críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e disse que Lula “está livre, mas não é inocente”.

No Twitter, o venezuelano afirmou que “diferentemente de você, que é um ladrão condenado, fui eleito deputado duas vezes. Pela nossa Constituição e pelo mundo, sou Presidente Responsável. Ao contrário de você que é um ladrão condenado. Maduro e você foram participantes dos saques aos nossos povos através da Petrobras, Odebrecht e PDVSA”, postou.

E disse mais:

Felizmente, as instituições brasileiras ainda são fortes e você foi preso por ser o ladrão que é. Hoje está livre, mas não é inocente. Você provavelmente vai voltar para a prisão, enquanto muito em breve haverá Justiça e liberdade na Venezuela.

Guaidó fez as declarações ontem nas redes sociais baseadas em um discurso de Lula durante o 7º Congresso do PT, realizado neste final de semana em São Paulo.

No evento do partido, o ex-presidente disse que “a vergonha que tenho é que o mundo inteiro reconheceu o golpista, o mundo inteiro democrático”, referindo-se a Guaidó.

Lula disse que, “mais recentemente, era quase que ser demônio qualquer tentativa de defender os companheiros da Venezuela”, disse, sem. citar Maduro. “Inventaram um candidato a presidente que não tinha disputado a presidência, um tal de Guaidó”.