Pelo menos sete mortos e mais de três centenas de feridos. Balanço provisório do sismo desta madrugada na Albânia. A terra tremeu com uma intensidade de 6,4 graus na escala de Richter perto das 4 da manhã, hora local.

Há notícia de uma centena de réplicas depois do sismo. Atividade que complica o trabalho das equipas de resgate. As operações tiveram de ser suspensas diversas vezes por questões de segurança.

Vários edifícios colapsaram. Militares, bombeiros, proteção civil e população local concentram esforços em encontrar sobreviventes. As operações de busca e resgate seguem os sinais de vida ou alerta de familiares. Várias pessoas estão dadas como desaparecidas

A cidade portuária de Durres, a cerca de 35 quilômetros da capital, Tirana, foi uma das mais afetadas. Está localizada apenas a 10 quilõmetros do epicentro deste que foi o mais intenso sismo dos últimos 30 anos na Albânia.

As cidades de Kurbin e Thumane foram também severamente afetadas. Aliás, o presidente da Albânia, Ilir Meta, esteve em Thumane e classificou o cenário como “muito dramático”.

Turquia e Itália vão enviar equipes para ajudar nas operações de busca e resgate.