Avante Mundo

Notícias Internacionais, com publicação em tempo real, com imparcialidade, com padrão e controle de qualidade.

Américas, Segurança

Os EUA designarão cartéis mexicanos como grupos terroristas, anunciou Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nessa terça-feira (26) que seu governo designará os cartéis mexicanos como organizações terroristas.

De acordo com Trump, todos os anos eles estão perdendo 100.000 pessoas por causa da violência que assola o México, por isso é uma prioridade para seu governo modificar as leis necessárias para garantir uma luta eficaz contra o narcotráfico.

“Já ofereci minha ajuda ao México, gosto muito do presidente … acho que ele é um homem muito bom. Mas, na verdade, eu já ofereci a ele para nos deixar entrar e limpar tudo e até agora ele rejeitou a oferta . Mas em algum momento você só precisa fazer alguma coisa ”, disse Trump.

Sua mensagem foi tornada pública um dia depois que o ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse que o país nunca permitiria interferência direta dos Estados Unidos nos assuntos nacionais.

Anteriormente, a família Le Barón pediu ao governo dos EUA que catalogasse os cartéis como organizações terroristas estrangeiras.

“Seus atos desenfreados de violência e assassinato invadiram nossas fronteiras e criaram uma crise internacional . Eles buscam poder político para criar um narco-estado no México ”, lê a petição formal feita pela família Mórmon.

O Le Bars lembrou que atualmente, os cartéis mexicanos controlam o fluxo de opióides, heroína, metanfetaminas, cocaína e fentanil que entram ilegalmente nos Estados Unidos. A impunidade com que eles cometem crimes resulta em aproximadamente 35% mais assassinatos no México a cada ano do que os cometidos por todos os grupos terroristas oficialmente designados juntos . “Não podemos dar ao luxo de continuar com as mesmas políticas fracassadas usadas para combater o crime organizado “, disseram eles.

O governo dos Estados Unidos possui duas leis em vigor para combater o terrorismo, dentro e fora de seu território.

A primeira é a Lei Pública 104-132, também chamada de Lei Contra Terrorismo, Anti-Terrorismo e Pena de Morte , que data de 1996, quando ele era o presidente Bill Clinton. Esta legislação concede ao governo dos EUA poderes para intervir em qualquer país que represente uma ameaça à segurança dessa nação.

A outra legislação é a chamada Lei Patriótica , promulgada pelo Presidente George Bush após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. É extraterritorial, cobre a jurisdição internacional e depende de tratados internacionais e acordos bilaterais.

O título III refere-se ao financiamento do terrorismo, por meio da lavagem de dinheiro e de ativos e atividades ilegais em relação a bancos, entidades financeiras, corporações e corporações multinacionais, pessoas jurídicas e pessoas físicas incluídas na lista Escritório de Controle de Propriedade. Estrangeiros (OFAC). Muitos cartéis mexicanos e empresas relacionadas estão sob a lupa do governo dos EUA. *Com informações da Infobae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: