Na cidade de Durres, na Albânia, cerca de duas mil pessoas foras instaladas num campo de futebol, em tendas improvisadas. Há quem tenha perdido tudo, mas também quem tenha medo de regressar a casa, por recear que novas réplicas sísmicas possam fazer desmoronar os edifícios que escaparam ao sismo de terça-feira.

O governo prometeu instalar as vítimas em hotéis da região nos próximos meses.

Com o Inverno à porta e as temperaturas a descer de dia para dia, o governo garantiu que quem perdeu a casa vai ficar alojado em hotéis da região nos próximos meses.

Foi durante a visita do presidente da Republica a Durres. Momento em que sentiu em primeira mão uma das centenas de réplicas que dificultam o regresso à normalidade.

Os esforços das equipes no terreno concentram-se na procura de sobreviventes. 45 pessoas foram resgatadas com vida dos escombros. Não há um número oficial de desaparecidos.

O sismo fez pelo menos 3 dezenas de vítimas e provocou mazelas físicas a mais de 650 pessoas.