Ele era o cinema, em silêncio. Charlie Chaplin: ator, realizador e personagem inesquecível. Fascinou escritores e pintores com gestos e com graça desde a criação de Charlot, em 1914.

O Museu das Artes da cidade francesa de Nantes decidiu refazer o seu percurso artístico através de uma exposição. Charlot é visto pelos olhos de artistas vanguardistas do século XX.

Charles Spencer Chaplin nasceu em Londres em 1889 e enfrentou a pobreza e dificuldades. Foi trabalhar duas vezes antes dos nove anos. Misturou o realismo com a poesia e com o absurdo influenciou muitos artistas surrealistas.

Charlie Chaplin – um artista de se lhe tirar o chapéu de coco – através dos olhos de artistas vanguardistas do século XX, com 200 obras de coleções de todo o mundo, no Museu das Artes de Nantes, até 3 de fevereiro de 2020. *Euronews