A Ucrânia condenou fortemente a inauguração da ligação ferroviária entre a Rússia e a península anexada da Crimeia, conduzida nesta segunda-feira (23) pelo próprio Vladimir Putin.

A União Europeia também criticou a abertura da ligação através da ponte sobre o estreito de Kerch, denunciando através do porta-voz da diplomacia europeia Peter Stano “mais uma violação da soberania da Ucrânia por parte da Rússia”.

Segundo Bruxelas, a ponte, que permite tanto a passagem de comboios como viaturas, “limita a passagem livre de embarcações para os portos ucranianos, o que vai contra a lei internacional”.

Putin, que também já tinha inaugurado em maio de 2018  a ligação rodoviária, ordenou a construção da ponte sobre o estreito de Kerch, inicialmente um projeto conjunto entre a Rússia e a Ucrânia, como forma de pôr fim ao isolamento da península na sequência da anexação em março de 2014.  *Euronews