As forças de segurança israelenses divulgaram um novo sistema de laser projetado para destruir dispositivos incendiários aéreos – bombas carregadas por balões, pipas e drones – que foram a fonte de incêndios que queimaram acres e acres de terra israelense. 

O sistema é chamado Light Blade e está programado para disparar as ameaças do céu antes que elas possam entrar no território israelense.

O Light Blade foi desenvolvido para a polícia e as Forças de Defesa de Israel por engenheiros do setor privado que trabalharam com pesquisadores da Universidade Ben Gurion e departamentos tecnológicos da Polícia de Israel e IDF.

As notícias do Canal 12 informaram na quinta-feira que o laser é capaz de atingir alvos dia ou noite com um alcance efetivo de dois quilômetros (1,6 milhas). Pode ser movido em um pequeno trailer ou instalado em um caminhão.

O relatório disse que será implantado ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza, bem como ao longo da fronteira norte com o Líbano.

O chefe da Polícia de Fronteira, Kobi Shabtai, disse ao Canal 12 que o Light Blade “fornece uma resposta quase conclusiva a tudo relacionado a balões e pipas e oferece uma solução segura e eficaz para a ameaça do drone”.

Recentemente, ataques com balões foram menos frequentes devido a acordos não-oficiais de cessar-fogo entre Israel e Hamas. *i24News