Pelo menos três pessoas morreram nesta quarta-feira (01/01) nos fogos que estão a devastar o sudeste da Austrália. Só na última semana morreram nove pessoas.
Nova Gales do Sul

Derek Baban, bombeiro do departamento de incêndios e resgate de Nova Gales do Sul, sublinha a falta de condições no terreno.

“Às 11 horas da manhã, parecia que era de noite e o fogo atingia os dois lados da maioria das grandes auto-estradas. Temos de trabalhar em condições muito difíceis. Há várias casas salvas mas, infelizmente, há também várias casas perdidas”.

Os bombeiros aproveitam uma pequena descida das temperaturas e da intensidade do vento, mas Rob Rogers, do Serviço de Incêndios de Nova Gales do Sul, alertou para o regresso das condições extremas.

“As previsões indicam que as condições de trabalho no próximo sábado vão ser ainda piores. Esperam-se ventos muito fortes e temperaturas acima dos 40 graus. Há muito fogo impossível de controlar”.

Vitória

A situação no estado de Vitória continua sem controle.

Helicópteros militares e barcos da marinha foram destacados para ajudar no resgate de milhares de pessoas que esta terça-feira se refugiaram numa praia na cidade de Mallacoota, situada entre Melbourne e Sydney. *Euronews