Está confirmada a morte de 30 pessoas, vítimas das inundações na região de Jacarta. Os números ainda não são definitivos.

Em alguns bairros da cidade, os residentes estão a regressar a casa, à medida que o nível da água vai diminuindo.

Segundo as autoridades, houve mortes por afogamento, hipotermia, arrastamento pelas águas e pelas lamas e eletrocução.

As violentas chuvas ocorridas durante a passagem do ano provocaram desabamento de terras e arrastamento de casas e submergiram muitos bairros da cidade. Mais de 30 mil pessoas tiveram de refugiar-se em abrigos temporários.

As últimas inundações em Jacarta, em 2013, tinham matado dezenas de pessoas. Esta megalópole de cerca de 30 milhões de habitantes sofre inundações frequentes, na época das chuvas, a partir do mês de novembro. *Euronews