Brasil não vai reconhecer eleição do parlamento na Venezuela, diz Ernesto Araújo

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, foi ao Twitter criticar a votação ocorrida hoje na Assembleia Nacional da Venezuela que tornou o deputado Luis Parra, seu presidente.

A oposição ao presidente Nicolás Maduro chamou a votação de “golpe”, já que parlamentares ligados a Juan Guaidó foram impedidos de entrar para votar no Palácio Legislativo, incluindo o próprio Guaidó, que era até então o presidente da Assembleia.

O Brasil não reconhecerá qualquer resultado dessa violência e afronta à democracia”, escreveu o chanceler brasileiro

O Brasil não reconhecerá qualquer resultado dessa violência e afronta à democracia”, escreveu o chanceler brasileiro. No tuíte, Araújo também compartilhou um vídeo que mostra a Guarda Nacional Bolivariana, fiel a Maduro, impedindo Guaidó de entrar na sede da Assembleia Nacional. O deputado tentou até escalar e pular um portão que cerca o prédio, mas foi impedido pela Guarda Bolivariana. *Com informações do Correio do Povo

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.