Mauricio Macri é nomeado presidente-executivo da Fundação Fifa

O ex-presidente da Argentina, Mauricio Macri (2015-2019), foi nomeado presidente executivo da Fundação Fifa, informou a entidade nesta terça-feira (28). A escolha foi questionada por líderes e organizações de futebol no país sul-americano.

“É um grande prazer e uma honra anunciar que Mauricio Macri assumirá essa posição à frente da Fundação Fifa”, disse Gianni Infantino, presidente da Fifa e do conselho da Fundação, em comunicado da instituição mundial de futebol.

“Mauricio tem o perfil ideal para liderar esse projeto, que quer colocar o futebol a serviço da sociedade. Através de sua experiência como líder de uma grande nação, ele conhece o papel central que a educação tem para o futuro de nossas sociedades e, como líder de um dos clubes de futebol mais bem-sucedidos, conhece a força e a paixão únicas que nosso esporte gera”, acrescentou.

Já a Associação Argentina de Futebol (AFA) expressou sua “surpresa” pela indicação, que é “estranha à vontade” da entidade, membro da FIFA, e considerou sua designação “inadequada”.

A Associação de Futebol Argentino (AFA), organizadora do torneio da primeira divisão do esporte no país, afirmou em mensagem no Twitter que “vê com preocupação” a decisão da Fifa.

A Fundação FIFA foi criada em 2018 como uma entidade independente apoiada pela Fifa, com o objetivo de contribuir para a promoção de mudanças sociais positivas. Seu diretor-geral é o ex-jogador de futebol campeão mundial Youri Djorkaeff e “seu foco prioritário é a educação por meio do programa Football for Schools, lançado em 2019 e ao qual a FIFA já alocou um orçamento de US$ 100 milhões”, diz o texto da Fifa.

Mauricio Macri, de acordo com o texto, afirmou que “é uma honra e uma grande satisfação ter sido nomeado presidente executivo da Fundação Fifa”.

Macri, de 60 anos, foi presidente da Argentina entre 2015 e 2019, quando foi substituído por Alberto Fernández, vencedor das eleições realizadas em outubro do ano passado.

Engenheiro civil e empresário, ele foi presidente do Boca Juniors por 13 anos, liderando o clube em um de seus momentos mais gloriosos, entre os anos 90 e o início dos anos 2000. *AFP

Categorias:Esporte, Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.