Um ataque suicida abalou a capital afegã, Cabul, no início desta terça-feira, matando pelo menos cinco pessoas, disseram autoridades, no que foi o primeiro grande ataque na cidade em meses.

Nenhum grupo assumiu imediatamente a responsabilidade pelo ataque, que ocorre após quase três meses de relativa calma na capital. 

“Esta manhã, por volta das 7 horas da manhã, um homem-bomba detonou seus explosivos, matando cinco pessoas, incluindo dois civis e três militares. Doze ficaram feridos, incluindo cinco civis”, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Nasrat Rahimi. 

O Ministério da Defesa confirmou o número de mortos, mas deu um número menor para os feridos, dizendo que pelo menos seis pessoas ficaram feridas no ataque. 

Uma testemunha perto da cena no oeste de Cabul disse que a explosão aconteceu perto da academia militar do marechal Fahim. 

“Foi uma grande explosão que abalou a nossa casa. Também ouvimos tiros depois. Ambulâncias correram rapidamente para a área”, disse à AFP o morador Samiullah, que tem o mesmo nome.

O chefe da polícia de Cabul confirmou a localização, de acordo com uma emissora local.

O último grande ataque em Cabul ocorreu em novembro, quando pelo menos 12 pessoas foram mortas depois que uma minivan cheia de explosivos colidiu com um veículo que transportava estrangeiros na hora do rush da manhã. *i24News