Dois passageiros que estavam a bordo do navio de cruzeiro Diamond Princess morreram após contraírem o novo coronavírus. Trata-se das primeiras mortes entre os passageiros e tripulantes da embarcação ancorada no porto de Yokohama, nas proximidades de Tóquio.

Segundo autoridades do governo japonês, um homem de 87 anos e uma mulher de 84 anos, ambos japoneses, morreram nesta quinta-feira. Ele sofria de asma, ao passo que ela não tinha nenhum problema de saúde pré-existente.

O homem foi retirado do Diamond Princess em 11 de fevereiro e a mulher, no dia seguinte, após testarem positivo para o vírus.

De acordo com autoridades, a mulher tinha sido hospitalizada em uma instituição médica em Tóquio, ao passo que o homem, em Kanagawa, província vizinha à capital japonesa.

Dos cerca de 3,7 mil passageiros e tripulantes a bordo da embarcação, um total de 621 pessoas haviam testado positivo para o vírus até quarta-feira.

Autoridades disseram que 28 delas encontravam-se em estado grave, incluindo as duas pessoas que tiveram a morte confirmada na quinta-feira.

O total de mortes no Japão em decorrência do coronavírus já chega a três. Uma mulher na casa dos 80 anos morreu no dia 13 de fevereiro, na província de Kanagawa. *NHK