São balanços que mudam a cada hora que passa. No epicentro do surto do novo coronavírus, na China continental, o número de mortos ultrapassa os 2.600.

Nas últimas horas, e numa altura em que as autoridades do país acreditavam ter o surto mais controlado, surgiram mais 500 novos casos de infeção. O total de pacientes subiu para mais de 77 mil. O país soma 97% dos casos mundiais de infeção pelo novo coronavírus.

A Coreia do Sul registou mais 60 casos e a oitava morte devido ao Covid-19., o que significa que houve um aumento de quase 15 vezes nas infeções virais em apenas uma semana, atingindo mais de 900 infetados, um total de 893 casos.

No Irã intensificam-se as medidas de prevenção uma vez que há quase 100 infetados. Ao todo, no país, já morreram 15 pessoas por causa desta doença. Destaque ainda para o fato do ministro-adjunto da Saúde de Teerã ser o mais recente caso de infeção por coronavírus. Harirchi está já de quarentena.

No Japão há 170 casos confirmados, entre eles os passageiros e tripulação do cruzeiro Diamond Princess, atracado no porto de Yokoama. No navio estava um português de quarentena. Adriano Maralhão foi transferido esta terça-feira para um hospital.

Na lista dos países com o maior número de infetados estão os Estados Unidos, 53 casos, a maioria deles vindos também do Diamond Princess.

A Organização Mundial de Saúde tem atualizado diariamente os casos confirmados de coronavírus. *Euronews